Blog

Regimes Tributários para Empresas de Cobranças: os tipos e as vantagens de cada um

REGIMES TRIBUTARIOS PARA EMPRESAS DE COBRANCAS OS TIPOS E AS VANTAGENS DE CADA UM - BLOG

Quais são os regimes tributários e os benefícios que cada um deles tem para a sua empresa de cobrança

O regime tributário brasileiro é composto por normas e leis que definem a arrecadação e o recolhimento de impostos por cada empresa.

 Portanto, ele deve ser de acordo com o valor da arrecadação e o tipo de negócio.

Todos os anos, os empresários devem analisar as vendas dos últimos 12 meses de atividade da empresa e escolher o regime fiscal que será aplicado no ano civil seguinte. 

Essa é uma definição importante, pois pode afetar  o sucesso e a segurança do negócio.

Por isso, é fundamental buscar ajuda e orientação do seu contador na definição do melhor regime para sua empresa.

O Simples Nacional, o Lucro Presumido e o Lucro Real são as três opções de regimes tributários existentes no Brasil.

A escolha da mais adequada para a sua empresa de cobrança depende de fatores como faturamento anual, porte do negócio, tipo de atividade exercida, entre outros.

Para mais informações sobre os regimes tributários para a sua empresa de cobrança, continue conosco lendo esse artigo. 

Confira também os artigos…

Regimes tributários: veja quais são eles

1. Lucro Real: o mais complexo

Nesse regime, as empresas calculam a tributação com base no lucro líquido e podem optar por pagar mensalmente ou trimestralmente. 

Ao final do ano, é calculado o lucro real, descontando-se o que já foi pago mensalmente. 

Se você optar por calcular trimestralmente, os quatro pagamentos serão considerados finais, não como adiantamentos.

A alíquota para IRPJ é de 15% e para CSLL entre 9% e 12%. Para PIS e COFINS, as alíquotas são de 1,65% e 7,6%, respectivamente.

No entanto, o contrário também se aplica, ou seja, caso a empresa tenha prejuízo ou não tenha lucro, ficará isenta de pagar os impostos no período determinado.

Além dos tributos acima, também são calculados o PIS e a Cofins a saber, ISSQN, ICMS para tradings e IPI, no caso de indústrias e importadores

Importa ainda referir que para o cálculo da base de lucro tributável são considerados apenas os custos necessários às transações ou operações da empresa.

De maneira geral, o Lucro Real pode ser uma opção tributária para qualquer empresa e inclusive para as empresas de cobrança,  é considerada uma alternativa interessante para quem assume baixa rentabilidade no início da atividade.

Entretanto, por se tratar de tributação com cálculo mais complexo, sugere-se que esta forma de tributação seja utilizada por empresas com margem de lucro inferior a 32%.

No entanto, negócios com faturamento superior a R$ 78 milhões no ano-calendário ou no ano anterior devem ser classificados como lucro real.

2. Lucro Presumido

Como o nome sugere, esse sistema tributário baseia-se na receita bruta esperada para cálculo do IRPJ e da CSLL. 

Com percentual de margem pré-definido em lei dependendo do ramo de atividade da empresa. Você pode consultar a tabela no site da Receita Federal.

Em um LP, mesmo que a empresa tenha um lucro maior do que o esperado, sua tributação cairá para uma margem previamente determinada. 

Calculam-se o PIS e a Cofins cumulativamente, o que significa que as compras não terão créditos ou reduções nos seus impostos.

Além disso, a frequência da arrecadação de impostos neste regime tributário é diferente. maioria deles são recolhidos mensalmente, enquanto que o  IRPJ e a CSLL trimestralmente.

Entretanto, se for menor, os impostos também devem ser calculados a partir da margem esperada

Para aderir esse regime as empresas podem ser de qualquer natureza desde que não ultrapasse R$78 milhões de faturamento anual.

3. Simples Nacional – um dos regimes tributários mais conhecidos

É o sistema tributário mais simples de todos e foi criado em 2006 pelo governo para simplificar o pagamento de impostos.

Ou seja, ele é especialmente para pequenas e médias empresas como microempresas (ME), pequenas empresas (EPP) e microempreendedores individuais (ME). 

O principal objetivo desse sistema tributário é facilitar a arrecadação de impostos para esses empresários. Isso consolidará todos os impostos desse modo em uma guia.

O Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) é um guia para recolhimento de até oito tributos incidentes sobre as atividades da empresa tais como: 

o IR, o CSLL, o PIS, a COFINS, a CSLL, o IPI, o ICMS,

As taxa de serviço e as Contribuições sociais do empregador

Além disso, o Simples Nacional é um regime tributário que possui uma tabela de alíquotas reduzidas com diferentes faixas que se aplicam dependendo da atividade e receita da empresa.

Portanto, para se qualificar para o Simples Nacional, as empresas devem seguir algumas regras, incluindo:

  • O limite de demanda anual é de até R $4,8 milhões.
  • Ter atividades realizadas na lista de CNAE autorizadas pelo Simples Nacional; como ME, EPP ou MEI;
  • Existências de apenas pessoas físicas na estrutura organizacional.
  • Um sócio dono de outra empresa não pode ganhar mais do que R$ 4,8 milhões no total anual aumentando o faturamento da empresa, 
  • O sócio ou proprietário seja administrador ou equiparado de outra pessoa jurídica viável, desde que a receita bruta total exceda o limite de R$ 4.800.000,00
  • Não possuir acompanhantes residentes no exterior;
  • Não ser acionista do capital de outra sociedade;
  • Sem dívidas federais, estaduais, municipais ou sociais;
  • Não ter dívidas pendentes, ou seja, não têm contato com o Estado.

A TCA Contabilidade oferece todo o apoio que sua empresa precisa 

Entender os regimes tributários pode ser uma tarefa simples ou extremamente complexa para os empreendedores. 

Cada empresa opera de uma determinada forma, inclusive a sua empresa de cobranças e muitos detalhes precisam ser considerados para definir a tributação mais adequada para o momento atual. 

Portanto, é importante ter em mente que a seleção deve levar em consideração vários critérios, como margem de lucro, custos indiretos, créditos fiscais, enquadramento do último ano civil e muito mais.

Sendo assim, se você quer que a sua empresa tenha um suporte contábil completo, sem que você precise se deslocar para isso, temos uma solução eficiente. 

Entre em contato com a  TCA CONTABILIDADE e experimente todos os benefícios de utilizar os serviços de um dos maiores escritórios de contabilidade online do Brasil!

CLIQUE AQUI E TENHA APOIO NO SETOR TRIBUTÁRIO DE SUA EMPRESA!

Classifique nosso post [type]
Summary
Regimes Tributários para Empresas de Cobranças: os tipos e as vantagens de cada um
Article Name
Regimes Tributários para Empresas de Cobranças: os tipos e as vantagens de cada um
Description
Quais são os regimes tributários e os benefícios que cada um deles tem para a sua empresa de cobrança. Veja agora mesmo mais informações!
Author
Publisher Name
TCA Digital
Publisher Logo

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Descubra Agora Mesmo Qual O Cnae Ideal Para MÉdicos Blog - TCA Digital

CNAE: qual o código para médicos?

Descubra qual o CNAE ideal para profissionais médicos A Classificação Nacional de Atividades Econômicas é crucial para que suas atividades sejam realizadas de acordo com a legislação. Evite problemas fiscais com a definição correta do CNAE para

Saiba Agora Mesmo Como Infoprodutores Podem Conseguir Redução De Impostos! - TCA Digital

Redução de impostos: como conseguir?

Saiba como infoprodutores podem conseguir redução de impostos Apresentamos, neste artigo, os principais pontos a serem considerados por você, infoprodutor, na hora de buscar a redução dos tributos. Confira! É inegável que a redução de impostos pode

Descubra Agora Mesmo Qual O Cnae Ideal Para MÉdicos Blog - TCA Digital

CNAE: qual o código para médicos?

Descubra qual o CNAE ideal para profissionais médicos A Classificação Nacional de Atividades Econômicas é crucial para que suas atividades sejam realizadas de acordo com a legislação. Evite problemas fiscais com a definição correta do CNAE para

Saiba Agora Mesmo Como Infoprodutores Podem Conseguir Redução De Impostos! - TCA Digital

Redução de impostos: como conseguir?

Saiba como infoprodutores podem conseguir redução de impostos Apresentamos, neste artigo, os principais pontos a serem considerados por você, infoprodutor, na hora de buscar a redução dos tributos. Confira! É inegável que a redução de impostos pode

Recomendado só para você
O que você precisa saber sobre a Holding Familiar Confira…
Cresta Posts Box by CP