Blog

Série perfil comportamental #2: perfil executor

Fale agora com um especialista

Neste artigo, você vai entender o comportamento profissional e pessoas de quem tem o perfil executor.

Nesta série sobre os perfis de comportamentos você vai entender por que você faz o que faz e por que as pessoas ao seu redor fazem o que fazem. Entender o seu perfil comportamental é autoconhecimento puro e chave para se relacionar melhor consigo mesmo e com os outros.Por ser um instrumento de transformação, está intimamente relacionado com a sua autoaceitação e satisfação com sua vida e carreira. A partir dele você entende seu próprio funcionamento e pode ter resultados ainda melhores.

Escrevi o primeiro artigo desta série que você pode acompanhar clicando aqui neste link.

Neste artigo da série, vamos entender como o perfil executor funciona. É de vital importância conhecermos e sabermos sobre os 4 perfis (executor, comunicador, planejador e analista), já que todos nós temos um pouco de cada um e nos relacionamos, conversamos, lidamos e vivemos com pessoas dos 4 perfis.
Não existe melhor ou pior. Nem forma certa ou errada.

Lembre-se que não existe perfil pior ou melhor, muito menos rótulos para cada um. Todos os perfis têm pontos fortes e pontos de melhoria e todos têm total capacidade para alcançar aquilo que querem alcançar. O perfil não é um limitador que dita a sua capacidade ou até onde pode chegar. Ele irá indicar como você vai realizar e qual o melhor caminho para realizar aquilo que quer realizar. Existem muitas formas de alcançar um mesmo objetivo e a forma mais fácil é aquela que respeita o jeito do seu perfil de fazer as coisas, usando as habilidades e talentos que só você tem.
O perfil executor

O perfil executor é mais voltado às tarefas do que aos relacionamentos e tem uma palavra-chave: resultados.

As pessoas que possuem este Perfil mais forte, buscam realizar e concluir suas tarefas de forma mais rápida e assertiva possível. São dominantes nas situações, querem concluir e realizar logo, para obterem o resultado final. Querem a “última linha”. Geralmente medem seu sucesso em termos financeiros e quantidade de tempo para realizar a atividade. Buscam se impor e direcionar os resultados conforme sua visão.
Superpoder da visão

Um dos superpoderes do executor é a visão de longo alcance. Eles conseguem enxergar longe, o que ninguém mais consegue enxergar. É como se tivessem o aplicativo do Google Maps no cérebro, eles enxergar o todo, como se tivessem a visão do alto, de drone. Eles não olham a árvore, olham a floresta. Eles têm o dom de olhar para uma situação, enxergar o caminho e a solução de forma rápida e fácil. E para eles é realmente fácil, pois enxergam além dos obstáculos. Os outros 3 Perfis, frente a um obstáculo podem paralisar ou dar um peso maior ao obstáculo. Os Executores não. Eles olham além e os obstáculos são meros passos do caminho.

Quando os Executores entendem que esta facilidade é um poder deles e que não é óbvio para os outros a solução que ele está enxergando (e não é óbvio, apenas eles estão enxergando), passam a mostrar sua visão e explicá-la para as pessoas ao seu redor. Eles conseguem resultados melhores e maiores quando dividem sua visão com sua equipe, pois todos passam a enxergar com ele e caminharem com confiança em direção ao resultado.

Costumo dizer que se você tem um Executor perto de você e ele diz que dá, que é possível, acredite. Ele já está vendo lá na frente e sabe que é possível.

Esta facilidade traz bastante confiança aos executores e as pessoas o enxergam como destemidos, realizadores.

Em um trabalho de coaching que fiz com um cliente executor, ele construiu uma ação de se reunir semanalmente com o time dele para dividir sua visão de como iriam realizar os projetos. Os executores são impacientes e detestam perder tempo. Querer chegar à resolução logo. Para ele, era óbvio o que precisava ser feito e seria perda de tempo fazer este tipo de reunião. Mas para a equipe não era óbvio.

Quando ele passou a dividir como enxergava a situação e o que precisava ser feito, a equipe reverteu o resultado do ano e bateu todas as metas. E quando a equipe bate as metas, todos ganham bônus no final do ano, ninguém precisa ser demitido e alguns até são promovidos.
Comunicação

Como característica, este perfil é rápido, dinâmico, ousado e gosta muito de objetividade. Por serem muito objetivos, podem acabar sendo duros ou grosseiros na visão dos outros 3 perfis. É comum o executor ouvir: “nossa como você é grosso!”, “que patada, por que você precisa falar assim?”. E na cabeça do Executor: “mas eu não falei nada demais!”. Isso acontece pois eles possuem uma comunicação direta, sem rodeios. E adoram quando as pessoas se comunicam assim com eles, sem perda de tempo e dizendo o que precisa ser dito. Também têm dificuldade de ouvir e possuem a convicção de que estão sempre certos.

Por isso, não entende quando as outras pessoas ficam machucadas com sua forma de comunicar, afinal, para os Executores, esta é a melhor forma! É importante os executores reconhecerem que cada um tem sua forma de se comunicar. Comunicação não é o que você fala, é o que os outros entendem. Geralmente os Executores querem passar a comunicação de forma rápida para agilizar o processo, mas muitas vezes acabam machucando os outros. Podem ser vistos como tratores, que passam por cima dos outros. Uma frase que gosto muito é: “A verdade, sem amor, é crueldade.” Dizer o que precisa ser dito “na lata”, pode machucar outras pessoas, mesmo que não machuque o executor.

Cada perfil tem uma forma de ver as coisas e de interpretar a situação. Os executores que desenvolvem sua inteligência emocional, aprendem a colocar pequenos filtros e amortecedores em sua fala. Em um primeiro momento, podem ver isso como enrolação na comunicação. Em um segundo momento, entendem que é importante ajustar a comunicação e que as necessidades dos outros são tão importantes quanto às suas. Isto se resolve fácil, com uma ou duas frases antes do que precisa ser dito, custará pouquíssimos segundos e a comunicação será mais assertiva ainda.
Liderança

Os executores gostam de estar com a responsabilidade. Eles têm iniciativa e puxam as pessoas, são verdadeiros desbravadores, que abrem caminho com facilidade para os outros passarem.

Desafiam as regras e procedimentos, não se paralisam com dificuldades e enxergam novas formas mais rápidas e com menor esforço para fazer as coisas. Eles rendem melhor quando tem a faixa de capitão no braço, quando estão no comando. Não gostam de ser micro gerenciados (não gostam de alguém que fica monitorando todos os seus passos de perto), para eles é importante serem independentes, capaz de fazer suas próprias escolhas. É terrível para o Executor sentir-se controlado. Eles têm pulso firme e coragem para tomar decisão e agir.

O executor tem uma grande dificuldade quando possuem um líder ou gestor que enxergam como mais fraco. Para ele o líder precisa ser forte e puxar a equipe. Caso contrário, este líder não deveria estar ali. Afinal, para eles, o leão ou leoa mais forte da selva é quem comanda os outros.
Motivação: desafios e conflitos

Os executores são motivados por desafios. Fazer o que ninguém fez, algo que dizem ser difícil fazer ou que “não dá para fazer” é combustível poderoso para eles. Eles querem provar que é possível. Na cabeça deles, eles conseguem. E conseguem mesmo. Por isso, são muito competitivos e gostam de fazer coisas maiores e ter resultados maiores em todas as áreas da vida.

Eles não têm nenhum problema com atritos ou conflitos. Muito pelo contrário, os conflitos são combustível para eles também. Por quererem impor sua visão, têm a característica de acharem estar sempre certos. Tenho um outro cliente de Coaching Executor, que me disse que até gostava de gerar pequenos conflitos em reuniões e projetos, para as coisas ficaram muito interessantes e menos morosas. Existem Perfis, como por exemplo os Planejadores, que detestam conflitos. Este definitivamente não é o caso do Executor.

Quando dois executores estão conversando, a sensação que temos olhando de fora é que eles irão sair no tapa. São diretos, assertivos e por vezes até agressivos. Terminada a conversa, eles vão almoçar juntos, para eles não é um problema.
Exemplos de executores

Toda característica é neutra. Quem define se a característica será usada para o lado bom ou o lado ruim da força, é o próprio indivíduo. Por exemplo, os executores podem usar suas características para serem líderes e puxarem as outras pessoas para a ação, o que seria uma grande força. Ou poderiam usar sua característica de dominância para dominar e controlar as pessoas, tornando-se um tirano. É a mesma característica, usada de formas diferentes. Por isso, podemos ter excelentes exemplos de Executores e também maus exemplos de Executores. O problema não está no Perfil em si, mas na forma como cada indivíduo escolhe usar as características do seu Perfil: para o bem o para o mal.

Pessoas conhecidas que possuem o perfil executor: Steve Jobs, Bernardinho (técnico da seleção de vôlei multi-campeão), Donald Trump, Papa Bento XVI, Jair Bolsonaro.
A importância de cada perfil – executor

Cada perfil tem suas particularidades e características únicas que contribuem muito para os outros ao seu redor.

Os executores são destemidos, realizadores (fazedores) e tem uma energia “sobrenatural” de automotivação para fazer as coisas. Eles inspiram as pessoas a serem melhores e vencerem seus próprios obstáculos. Quando aprendem a dividir sua visão de longo alcance com os outros e colocam pequenos amortecedores na sua fala para se preocupar com os outros, são imbatíveis!

Nas próximas semanas, escreverei sobre os outros 3 perfis.

Quem você conhece que possui este Perfil? Escreva aqui nos comentários se você se reconhece no perfil executor ou compartilhe com os executores próximos a você! Autoconhecimento é chave para nos relacionarmos melhor com nós mesmos, com os outros e com a vida.
Fonte: Eric Arruda

Classifique nosso post [type]

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Descubra Agora Mesmo Qual O Cnae Ideal Para MÉdicos Blog - TCA Digital

CNAE: qual o código para médicos?

Descubra qual o CNAE ideal para profissionais médicos A Classificação Nacional de Atividades Econômicas é crucial para que suas atividades sejam realizadas de acordo com a legislação. Evite problemas fiscais com a definição correta do CNAE para

Recomendado só para você
Neste artigo você vai entender a tramitação da LGPD, consequências…
Cresta Posts Box by CP