Sistema Valores a Receber registra quase 100 milhões de consulta.

A nova plataforma do Banco Central (BC), lançada para conferir valores esquecidos pela população em instituições financeiras, já recebeu quase 100 milhões de consultas de pessoas físicas e jurídicas desde a sua abertura até a última sexta-feira (18).

O levantamento feito pela própria instituição estimou que foram realizadas 98,6 milhões de consultas no Sistemas Valores a Receber, sendo que 94,3 milhões seriam pessoas físicas e 2,4 milhões empresas.

Dos quase 100 milhões de verificações, 20,4 milhões possuem valores a receber, sendo que desse montante apenas 249,5 mil correspondem a pessoas jurídicas.

O BC estima que aproximadamente 28 milhões de usuários possuem valores esquecidos em contas antigas de diferentes bancos e devem realizar a consulta para solicitar o resgate das quantias.

Ainda restam cerca de 8 milhões de empresas e pessoas com valores pendentes que ainda não consultaram a plataforma para planejar o saque.

O valor total “esquecido” nos bancos e instituições financeiras chega a R$8 bilhões.

Critérios para saque
A consulta poderá ser feita tanto por pessoas físicas quanto empresas em qualquer momento, mas os valores a receber serão divididos em três diferentes grupos, seguindo as datas de nascimento ou data de fundação da empresa.

O resgate poderá ser solicitado entre 7 e 11 de março pelo próprio site por aqueles que nasceram ou criaram empresas até 1968.

Aqueles que nasceram ou criaram empresas de 1968 até 1983 devem solicitar entre 14 e 18 de março. De 1984 para frente, a data vai de 21 a 25 de março.

Caso alguma data seja perdida, será possível solicitar a repescagem e agendar novamente o saque.

Fonte: https://www.contabeis.com.br/noticias/50483/sistema-valores-a-receber-registra-quase-100-milhoes-de-consulta/

Compartilhe

Continue Lendo