Blog

Veja o que os governos estão fazendo para amenizar a pandemia

Fale agora com um especialista

Os governos federal, estaduais e municipais continuam editando medidas com o objetivo de amenizar os impactos econômicos causados pelo Covid-19. Confira abaixo as principais medidas tomadas neste mês de maio.

Programa de crédito subsidiado para Micro e Pequenas Empresas (MPEs)

A lei 13.999/2020 instituiu o Pronampe – Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Em resumo, será concedido crédito às MPEs com juros Selic (hoje em 3% aa) mais 1,25% ao ano, e prazo de 36 meses para pagamento.

O crédito será concedido pelas instituições financeiras, contudo, 85% do valor concedido será garantido por um Fundo Garantidor. O limite da operação será 50% do valor do capital social da empresa, ou 30% da média mensal do seu faturamento em 2019.

O valor tomado não poderá ser usado para distribuição de lucros ou dividendos. E a garantia exigida pelo banco será limitada à garantia pessoal do proponente, limitada a 100% do valor liberado mais encargos, salvo no caso de empresas abertas há menos de um ano, para as quais o referido limite fica em 150%.

Prorrogados os parcelamentos do Simples Nacional

A Resolução 155/2020 do CGSN prorrogou os parcelamentos vigentes relativos a débitos do Simples Nacional administrados tanto pela RFB, quando pela PGFN. Ficam prorrogados para o último dia dos seguintes meses:

I – de agosto de 2020, para as parcelas com vencimento em maio de 2020;

II – de outubro de 2020, para as parcelas com vencimento em junho de 2020; e

III – de dezembro de 2020, para as parcelas com vencimento em julho de 2020.

Prorrogados os parcelamentos de tributos federais

A Portaria 201/2020 do Ministério da Economia prorrogou os parcelamentos vigentes relativos a débitos de tributos federais administrados tanto pela RFB, quando pela PGFN. Ficam prorrogados para o último dia dos seguintes meses:

I – de agosto de 2020, para as parcelas com vencimento em maio de 2020;

II – de outubro de 2020, para as parcelas com vencimento em junho de 2020; e

III – de dezembro de 2020, para as parcelas com vencimento em julho de 2020.

Fonte: Jornal Contábil

Classifique nosso post [type]

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Descubra Agora Mesmo Qual O Cnae Ideal Para MÉdicos Blog - TCA Digital

CNAE: qual o código para médicos?

Descubra qual o CNAE ideal para profissionais médicos A Classificação Nacional de Atividades Econômicas é crucial para que suas atividades sejam realizadas de acordo com a legislação. Evite problemas fiscais com a definição correta do CNAE para

Saiba Agora Mesmo Como Infoprodutores Podem Conseguir Redução De Impostos! - TCA Digital

Redução de impostos: como conseguir?

Saiba como infoprodutores podem conseguir redução de impostos Apresentamos, neste artigo, os principais pontos a serem considerados por você, infoprodutor, na hora de buscar a redução dos tributos. Confira! É inegável que a redução de impostos pode

Descubra Agora Mesmo Qual O Cnae Ideal Para MÉdicos Blog - TCA Digital

CNAE: qual o código para médicos?

Descubra qual o CNAE ideal para profissionais médicos A Classificação Nacional de Atividades Econômicas é crucial para que suas atividades sejam realizadas de acordo com a legislação. Evite problemas fiscais com a definição correta do CNAE para

Saiba Agora Mesmo Como Infoprodutores Podem Conseguir Redução De Impostos! - TCA Digital

Redução de impostos: como conseguir?

Saiba como infoprodutores podem conseguir redução de impostos Apresentamos, neste artigo, os principais pontos a serem considerados por você, infoprodutor, na hora de buscar a redução dos tributos. Confira! É inegável que a redução de impostos pode

Recomendado só para você
Roda Forte terá o diferimento de ICMS excluído da base…
Cresta Posts Box by CP